Dúvidas Frequentes

Conheça algumas das dúvidas frequentes sobre antiestáticos.
Alguma dúvida ainda? Entre em contato conosco!

O que é eletrostática?

É a parte da física que estuda os fenômenos que ocorrem com a carga elétrica em repouso.

O que é eletricidade estática?

É uma das formas da energia que manifesta a sua ação por fenômenos de atração ou de repulsão, ou por fenômenos mecânicos, caloríficos, químicos, etc., eletricidade que se desenvolve num corpo formada por cargas (+) e (-) estacionárias.

O que pode ocorrer em áreas perigosas (inflamáveis)?

Em áreas perigosas, incêndios e explosões podem ocorrer devido à descarga eletrostática descontrolada em processos, pessoas e materiais, resultando em significativas perdas financeiras de danos diretos á propriedade e inatividade da planta, bem como ferimentos pessoais ou mesmo mortes.

O que é atmosfera explosiva?

Mistura com o ar, sob condições atmosféricas, de substâncias inflamáveis na forma de gás, vapor, névoa, poeira ou fibras, na qual após a ignição a combustão se propaga.

O que pode ocorrer com componentes eletro eletrônicos sensíveis?

A descarga eletrostática pode danificar ou reduzir significativamente a vida dos componentes eletrônicos e causa direta ou indiretamente perdas: Tempo, produtos, produtividade e a consequente diminuição da qualidade e confiabilidade.

Quais os três princípios de uma política bem sucedida e permanente controle da eletricidade estática?

R: a) A verificação periódica dos equipamentos utilizados, registrando os resultados obtidos; b) Educação permanente do tema para os operadores e pessoais, em particular os empregados novos; c) Consultar as normas e as regras de segurança quando ocorrem mudanças, tais como a introdução de novos tipos de componentes ou materiais na fábrica.

Como a carga passa para os materiais e componentes?

R: Clique AQUI para fazer o download do arquivo em PDF.

Como podemos evitar danos causados pelo ESD?

Clique AQUI para fazer o download do arquivo em PDF.

NR10 (10.9.3 – Proteção contra Incêndio e Explosão)

10.9.3 Os processos ou equipamentos susceptíveis de gerar ou acumular eletricidade estática devem dispor de proteção específica e dispositivos de descarga elétrica.

NR19 (Explosivos)

19.1.7. As regras a observar no transporte rodoviário: Os caminhões destinados ao transporte de munições e explosivos, antes de sua utilização, serão vistoriados. Assim como verificação de ligação metálica da carroçaria com a terra.

NR20 (20.2 – Líquidos Inflamáveis e 20.3 Gases Liquefeitos de Petróleo – GLP)

R: 20.2.17 Nos locais de descarga de líquidos inflamáveis, deverá existir um fio terra apropriado, conforme recomendações da Norma Regulamentadora – NR 10, para se descarregar a energia estática dos carros transportadores, antes de efetuar a descarga do líquido inflamável. 20.2.17.1 A descarga deve se efetuar com o carro transportador ligado a terra. 20.3.10 Os recipientes de armazenagem de GLP serão devidamente ligados à terra conforme recomendações da Norma Regulamentadora – NR 10.

NFPA77 (Práticas recomendadas a respeito da eletricidade estática – EUA)

R: 6.4.1.3 A resistência típica de um caminho contínuo será inferior a 10 ohms. Uma resistência maior indica por geral que o caminho metálico não é contínuo, usualmente porque haja conexões soltas ou corrosão. 6.4.1.4 Nos casos que se utilizem fios condutores, o tamanho mínimo do cabo de conexão equipotencial ou aterramento será ditado pela resistência mecânica e não por sua capacidade de conduzir à corrente. Dever-se-ão usar cabos de conexão equipotencial em aplicações de conexão e desconexão freqüentes.

Cenelec CLC/TR 50404 (Código de boas práticas para evitar os perigos da eletricidade estática – Europa)

R: 5.4.4.1.2 Deve-se conectar um cabo de conexão terra ao caminhão tanque antes de qualquer operação (por exemplo, abrir uma boca de inspeção, conexão de tubos). Recomenda-se prover sistemas de bloqueio que impeça a carga quando não estiver conectado o cabo de aterramento. 11.4.1 Os cabos para aterramento de elementos móveis devem contar com uma garra forte, capaz de penetrar capas de pintura e óxido. Os dispositivos de aterramento devem ser robustos.

Exemplos de Área protegida (Indústria Química)

Clique AQUI para fazer o download do arquivo em PDF.

ANSI/ESD S20.20-2014

R: Clique AQUI para fazer o download do arquivo em PDF.

ESD DAMAGE (Danos causados no componente por ESD)

R: Clique AQUI para fazer o download do arquivo em PDF.

Exemplo de Área Protegida? (Indústria Eletrônica)

R: Clique AQUI para fazer o download do arquivo em PDF.